O Glauco morreu, mas não morreu

Hoje eu passei o dia preocupado. Logo cedo, quando eu estava saindo, um telefonema me informou que o Glauco tinha morrido.
Assassinato. Ele e o filho. Merda.
Eu passei o dia pensando nisso.

Cheguei em casa e fui correndo nas prateleiras: Geraldão, Dona Marta, Doy Jorge. Ainda estavam todos ali.

Hoje o Glauco morreu. Mas a verdade é que o Glauco não tem como morrer.